Pressionado pelo povo, ministro tira ideologia de gênero da base curricular

Tema foi incluído na parte de ensino religioso, para que concepções de gênero e sexualidade sejam debatidos em escolas de acordo com tradições religiosas

Ministro Mendonça Filho, da Educação tira expressão ideologia de gênero da grade curricular Foto: google imagens]
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por esta, muitos esquerdistas não esperavam. O Ministério da Educação do governo Michel Temer excluiu menções às narrativas esquerdistas que fingiam “combater discriminação de gênero” (mas de fato pregavam a ideologia de gênero, sob pretextos) da nova versão da Base Nacional Comum Curricular. As informações são da Folha. Em síntese, menções ao combate à discriminação de gênero foram excluídas pelo MEC da nova versão da BNCC.

A pasta incluiu esse tema na parte de ensino religioso, para que se discuta nas escolas concepções de “gênero e sexualidade” de acordo com as tradições religiosas. Educadores da extrema esquerda ficaram fulos.

Assine o Blesss
Assine o Blesss

A base define aquilo que os alunos devem aprender, a cada ano, na educação básica. Só a parte que vai da educação infantil ao ensino fundamental está em discussão.

As pressões foram importantes e a decisão evita o maior risco da nova BNCC, que poderia obrigar a ideologia de gênero nas escolas, o que estabeleceria a doutrinação oficial e daria espaço para narrativas da extrema esquerda.

Nova base

Neste ano, deverão ser alteradas somente partes relacionadas à educação infantil e ao ensino fundamental. O debate em torno do ensino médio ainda não tem prazo para ocorrer. O projeto foi construído a partir de um texto base elaborado pelo governo Michel Temer, mas emendado por conselheiros do CNE. Assim, podemos ficar um bom tempo sem discussões mais a calouradas em torno da ideologia de gênero.

Da Redaçao: Consciência Cristã News
Com informação do site www.ceticismopolitico.org

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentários do Facebook