Pastor foi sequestrado e queimado vivo com mãos amarradas

O corpo de Martin Beneke foi encontrado ainda em chamas por um fazendeiro

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Martin Beneke, 45 anos, era pastor e fundador do Life in Christ Network e seu corpo foi encontrado na segunda-feira(16), após ser queimado vivo e com mãos amarradas numa pequena cidade agrícola perto de Joanesburgo, sul da Africa.

A Rede Life in Christ, confirmou a notícia publicando uma nota no dia 18 na Facebook:
“É com muito pesar que informamos a todos que o fundador e pastor presidente da LICN, pastor Martin faleceu na segunda-feira 16 de outubro de 2017.
Ainda há muitas questões por resolver, e pedimos que orem e apoiem sua esposa e filhas”.

Assine o Blesss
Assine o Blesss

O sargento Mpho More, disse que o corpo foi encontrado por um fazendeiro, que após desconfiar da fumaça perto de sua casa. O site Roodereport Record informou que quando o fazendeiro acercou para ver o motivo da fumaça, encontrou o caminhão ainda em chamas e o corpo de Beneke com mãos amarradas nas costas.

A polícia de Gauteng anunciou que Beneke havia sido sequestrado, e de acordo com Times Live comunicou aos leitores a mesma informação: “O pastor foi sequestrado e encontrado morto numa fazenda em Magaliesbur ontem”.

Beneke foi visto pela última vez num posto de gasolina na Avenida 14 em Joanesburgo com dois homens desconhecidos. “Meu filho agora faz parte da estatística onde outro pastor também foi queimado”, lamentou Elaine, mãe de Beneke, em sua publicação nas redes sociais.

Na última quarta-feira, o Northcliff Melville Times informou que os sequestradores do pastor Martin Beneke ainda estão em liberdade.

Amigos e seguidores lamentaram a perda e expressaram suas tristezas na pagina oficial do Life in Christ Network.

 

Com informações Christian Post e Notícias Cristianas
Imagem: reprodução web

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentários do Facebook